CUIDADOS DA ENFERMAGEM EM NEONATOS QUE APRESENTAM ICTERÍCIA UMA REVISÃO DA LITERATURA

  • Sara Natany Reis Faculdade de Integração do Sertão, Serra Talhada - PE, Brasil
  • Maria Fernanda B. da Silva Faculdade de Integração do Sertão, Serra Talhada - PE, Brasil
Palavras-chave: Diagnóstico de Enfermagem, Enfermagem, Fototerapia, Neonato

Resumo

A icterícia neonatal é uma doença que acomete recém-nascidos (RN), em sua maioria prematuros, sendo muito comum nos primeiros sete dias de vida. É representada pelo aumento na concentração de bilirrubina plasmática, fazendo com que a pele do recém-nascido apresente uma coloração amarelo alaranjada. O presente estudo tem por objetivo analisar os estudos realizados acerca dos procedimentos e cuidados adotados pelos profissionais de enfermagem no tratamento da icterícia neonatal. Trata-se de uma revisão narrativa da literatura científica, qualitativa, nas bases de dados Biblioteca Virtual de Saúde (BVS) e disponíveis em texto completo nas bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), SciELO, PubMed e protocolos do Ministério da Saúde nos anos de 2015 a 2020. Através da pesquisa foi possível verificar que os fatores de risco associados de forma significativa a icterícia em neonatos são a multiparidade, nascimento por cesariana, rotura prolongada das membranas, incompatibilidade do sistema ABO entre a mãe e o feto, trauma obstétrico, prematuridade e baixo peso ao nascer .As alternativas para o tratamento da icterícia neonatal incluem a transfusão de sangue ou plasma, aplicação de albumina, drogas, exsanguinotransfusão e a fototerapia, de modo que este último constitui o tratamento mais comumente utilizado e onde a enfermagem está muito inserida para uma assistência de qualidade. Verificamos que a enfermagem precisa estar atenta quanto aos cuidados do RN com os olhos e pele durante a fototerapia e também realizar um cuidado de forma humanizada para com o RN e a família, fornecendo orientações acerca do procedimento no hospital e cuidados pós alta. As informações obtidas através do levantamento bibliográfico mostraram que o conhecimento dos profissionais de Enfermagem sobre a condução da terapêutica desta doença é de grande importância no que diz respeito a eficácia e a segurança do procedimento, sendo necessário capacitações frequentes diante das atualizações da patologia.

Publicado
2022-03-31
Como Citar
1.
Reis SN, B. da Silva MF. CUIDADOS DA ENFERMAGEM EM NEONATOS QUE APRESENTAM ICTERÍCIA UMA REVISÃO DA LITERATURA. RMS [Internet]. 31º de março de 2022 [citado 26º de junho de 2022];4(1):28-5. Disponível em: https://revistamultisert1.websiteseguro.com/index.php/revista/article/view/391